Aguarde...
Tribunal Regional do Trabalho - 9ªRegião

Tribunal Regional do Trabalho 9ª Região

Página gerada em: 21/05/2024 01:11:18

Medianeira terá unidade da Justiça do Trabalho

Notícia publicada em 28/01/2010

Medianeira terá unidade da Justiça do Trabalho


         Quem necessitar da Justiça do Trabalho no município de Medianeira e em seis cidades vizinhas não precisará ir mais até Foz do Iguaçu, a partir de 5 de fevereiro, quando será instalada a Vara Itinerante do Trabalho de Medianeira. A nova unidade estará vinculada ao Fórum Trabalhista de Foz do Iguaçu, de onde um juiz se deslocará até Medianeira para as audiências, em dias marcados. A instalação ocorrerá às 11h, com a presença do presidente do Tribunal Regional do Trabalho do Paraná, desembargador Ney José de Freitas, e da diretora do Fórum de Foz do Iguaçu, juíza Neide Consolata Folador.


         O município de Medianeira responde, atualmente, pelo segundo maior movimento processual do Fórum de Foz do Iguaçu. Dos cerca de 10 mil processos que se encontram nas três Varas do Trabalho de Foz, 536 têm origem em Medianeira. Além do município sede, a Vara Itinerante também atenderá os municípios de Diamante do Oeste, atualmente com 18 processos em trâmite; Ramilândia, com 10 processos; Missal, com 66 processos; Matelândia, com 144; Itaipulândia, com 76; e Serranópolis do Iguaçu, com nove processos.


         O atendimento será na Avenida Pedro Soccol, 2.500, no Centro, em imóvel novo cedido pela Prefeitura, com 112 metros quadrados de área útil e 120 de área construída, contando com as salas de audiência, de espera e do juiz.


         De acordo com o presidente do TRT-PR, a instalação permite maior proximidade da Justiça com o cidadão. “O jurisdicionado pode obter maior acesso à Justiça do Trabalho em sua própria região, não havendo necessidade de se deslocar até outra cidade para a realização de audiências”, explica.


         Para o juiz Leonardo Gomes de Castro Pereira, diretor em exercício do Fórum de Foz do Iguaçu, a instalação de uma unidade em Medianeira vai proporcionar, inclusive, maior procura pela Justiça do Trabalho. “Existe uma demanda reprimida, uma vez que muitos trabalhadores não têm condições de se deslocar até Foz do Iguaçu para a comparecer às audiências. Levando em consideração que em um processo será preciso ir pelo menos duas vezes às audiências e ainda levar três testemunhas para cada parte, muitos deixam de procurar pela Justiça por não terem condições para isso. Com uma unidade próxima, a Justiça se torna mais presente”, diz.


 

(Flaviane Galafassi)


Agência TRT-PR de Notícia

(41) 3310-7313

imprensa@trt9.jus.br