Aguarde...
Tribunal Regional do Trabalho - 9ªRegião

Tribunal Regional do Trabalho 9ª Região

Página gerada em: 20/07/2024 13:09:27

TRT-PR extrapola faixa dos tribunais médios e tem 5º melhor resultado geral na Semana da Conciliação

Notícia publicada em 06/06/2023

O Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (TRT-PR), que, pela sua configuração, é considerado tribunal de médio porte, se posicionou entre os tribunais de grande porte da Justiça do Trabalho, na Semana Nacional da Conciliação Trabalhista, que teve os dados consolidados apresentados nesta sexta, 2 de junho. O tribunal paranaense, além de ter o maior resultado entre os de características semelhantes, conquistou o quinto melhor desempenho entre todos os 24 tribunais regionais do trabalho, superado somente pelos do Rio de Janeiro, Campinas, São Paulo e Minas Gerais, todos de grande porte.

Na Semana da Conciliação, realizada entre 22 e 26 de maio, o TRT-PR gerou uma distribuição de quase 57 milhões de reais, solucionando, por acordo entre as partes, 1.375 ações trabalhistas, atendendo 21.596 pessoas. Os magistrados atuaram no mutirão paranaense em 549 oportunidades. Ao todo, foram realizadas 5.149 audiências em 5 dias.

“Todo o mérito desse resultado é das equipes, tanto nas estruturas especializadas como nas Varas do Trabalho capilarizadas em todo o Paraná, além do amadurecimento da sociedade, cada vez mais sensibilizada para os valores da conciliação”, disse a presidente do TRT, desembargadora Ana Carolina Zaina. “A conciliação é o mantra que a Justiça do Trabalho pronuncia há mais de 80 anos, e ele vai progressivamente reverberando entre trabalhadores, empregadores e até mesmo nas outras esferas do Poder Judiciário, que gradativamente vão incorporando esse valor fundador, anterior até mesmo à Consolidação das Leis do Trabalho”, concluiu.

Confira os dados completos desta e de outras edições no
Painel da Semana Nacional da Conciliação Trabalhista.

Semana Nacional da Conciliação distribui mais de 1 bilhão de Reais

Em todo o país, a 7ª edição da Semana Nacional da Conciliação Trabalhista movimentou, na edição de 2023, o montante total de R$ 1.193.595.980,47. Realizada anualmente em todo o país pela Justiça do Trabalho, o mutirão busca solucionar o maior número de processos de forma consensual em toda a Justiça do Trabalho.

Nesta edição, foram atendidas mais de 346,1 mil pessoas, em mais de 80 mil audiências, com homologação de 23.788 acordos. Além disso, foram arrecadados R$ 202,6 milhões em recolhimentos fiscais e previdenciários.

Conciliação continua

Para o vice-presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e do Conselho Superior do Trabalho (CSJT), ministro Aloysio Corrêa da Veiga, os resultados expressivos obtidos durante essa edição representam o esforço de todos os tribunais em atender de forma célere e eficaz a todos os que buscam a Justiça do Trabalho para solucionar os conflitos.

“O que aconteceu nesta semana foi um marco na história da Justiça do Trabalho. Atendemos um número expressivo de pessoas que puderam ver seus impasses judiciais finalmente solucionados”, disse o ministro. “Entretanto, vale sempre lembrar que a conciliação acontece em todas as semanas na Justiça do Trabalho e que todo processo, independente da fase ou instância que se encontra, é possível conciliar”, completou.

Tribunais destaques

O ranking dos Tribunais Regionais do Trabalho que mais conciliaram nesta edição é separado por porte e levou em consideração uma variável que calculou, de forma conjunta, o total de acordos, a quantidade de pessoas atendidas e o valor movimentado. 

Confira como ficou o ranking:

Grande Porte

  1. TRT da 15ª Região (Campinas/SP)
  2. TRT da 2ª Região (SP)
  3. TRT da 1ª Região (RJ)

Médio Porte

  1. TRT da 9ª Região (PR)
  2. TRT da 5ª Região (BA)
  3. TRT da 18ª Região (GO)

Pequeno Porte

  1. TRT da 23ª Região (MT)
  2. TRT da 21ª Região (RN)
  3. TRT da 13ª Região (PB)

 

GN/Ascom TRT-PR, com Nathalia Valente/AJ

VEJA TAMBÉM
TRT-PR É PREMIADO PELO MELHOR RESULTADO ENTRE OS
TRIBUNAIS DE MÉDIO PORTE NA SEMANA NACIONAL DA EXECUÇÃO