Aguarde...
Tribunal Regional do Trabalho - 9ªRegião

Tribunal Regional do Trabalho 9ª Região

Página gerada em: 31/05/2020 19:25:55

CEJUSC-JT de São José dos Pinhais prossegue realizando acordos

Notícia publicada em 14/05/2020
Tela da ata de audiência é compartilhada para que todos possam acompanhar
Desde o início de abril, o Centro de Conciliação da Justiça do Trabalho (CEJUSC-JT) de São José dos Pinhais (na Região Metropolitana de Curitiba) tem realizado conciliações por meio de audiências virtuais. Aliando a tecnologia com a vontade das partes em celebrar acordos, as conciliações por meio de teleconferências têm se mostrado um meio eficaz de atuação do Poder Judiciário quanto à solução de conflitos e construção da paz social.
Segundo a Juíza Sandra Mara de Oliveira Dias, titular da 3ª Vara do Trabalho de São José dos Pinhais e atual coordenadora do CEJUSC-JT de São José dos Pinhais, quase nada muda quando uma audiência é telepresencial. Conforme os dados fornecidos pela unidade, o índice de acordos foi de 61,1% nas audiências realizadas. Uma porcentagem muito semelhante àquela obtida durante as audiências feitas no Fórum de São José dos Pinhais.
A juíza coordenadora atribui parte dos bons resultados ao fato de que as partes estão mais receptivas a resolver seus processos de forma amigável, mesmo em um período de diminuição do contato social. Ela cita um caso de sucesso recente, em que uma montadora e seu ex-empregado encerraram um processo de 2006 com um acordo de R$ 100 mil.
“Aqui no CEJUSC de São José conseguimos aumentar o números de acordos em processos de execução. Eu vejo que o acesso à Justiça chegou (durante a pandemia) através da Internet. É uma revolução no mundo do Direito, sob muitos aspectos”, avalia.
A advogada Adriane de Aragon Ferreira observa que é preciso se acostumar, pois esta é uma tendência que deve ficar após a pandemia. Ismael Martinez diz que foi a primeira vez que utilizou a ferramenta homologada pelo CNJ: “A experiência que tenho (com teleaudiências) é esta de hoje, que está sendo boa. Estou aqui trabalhando em casa, junto da minha família”.
 
Como funciona? 
As audiências são realizadas através do programa WebEx Meetings, plataforma emergencial homologada pelo Conselho Nacional de Justiça para realização de atos processuais. Download AQUI.
 
A audiência é apregoada com o envio do link do WebEx, por Whatsapp ou e-mail, quando os procuradores das partes já informaram previamente no processo. Na hora agendada, é aberta a audiência. Seguindo o mesmo rito das audiências presenciais.
 
A secretária de audiências Thais M. Dambros diz que a primeira vez é natural que haja receio por parte de quem participa de uma audiência por videoconferência, pois é um formato novo para algo que já existe. Quando as partes percebem que é como se estivessem na sala física do fórum, todos ficam mais à vontade”, diz.
 
Além da secretária de audiências, as sessões telepresenciais da juíza Sandra Dias contam com suporte para questões tecnológicas do assessor Rodrigo Nohlack Correia Cesar.
 
Texto: Pedro Clauber Macambira
Assessoria de Comunicação do TRT-PR
(41) 3310-7313
ascom@trt9.jus.br