Aguarde...
Tribunal Regional do Trabalho - 9ªRegião

Tribunal Regional do Trabalho 9ª Região

Página gerada em: 16/02/2020 15:50:41

Corregedor-geral da Justiça do Trabalho visita Arquivo Geral e Projeto Horizontes

Notícia publicada em 06/05/2015
Corregedor-geral da Justiça do Trabalho visita Arquivo Geral e Projeto Horizontes
Imagem em plano aberto mostra o corregedor-geral da Justiça do Trabalho, ministro João Batista Brito Pereira em visita ao Projeto Horizontes. O ministro observa acadêmicos de Direito que participam do projeto enquanto estes acessam informações nos computadores. O corregedor-geral está acompanhado do presidente do TRT-PR, Altino Pedrozo dos Santos, dos desembargadores Cássio Colombo Filho e Célio Horst Waldraff, e da diretora do arquivo-geral, Neide Spindola
Roteiro do corregedor-geral da Justiça do Trabalho incluiu o Projeto Horizontes

As instalações do Arquivo Geral e do Projeto Horizontes do TRT-PR receberam nesta semana a visita do ministro corregedor-geral da Justiça do Trabalho, João Batista Brito Pereira. O ministro está na sede da 9ª Região do Judiciário Trabalhista para o serviço de correição, que acontece a cada dois anos.

 

O Arquivo Geral, no bairro Cajuru, administra e preserva cerca de 450 mil autos judiciais. "Não é um arquivo morto. O que fazemos é gestão documental, administrando um acervo riquíssimo em relação à memória das relações do trabalho, e buscamos deixar as informações disponíveis para a sociedade", afirmou a coordenadora do Arquivo, Neide Spindola.

Na visita ao Arquivo, o ministro conheceu o Projeto Horizontes, que une magistrados, servidores, voluntários e estagiários de Direito no esforço para resgatar processos arquivados provisoriamente por não terem sido encontrados devedores ou bens para penhora na fase de execução. Acompanharam o ministro os desembargadores Altino Pedrozo dos Santos (presidente do Tribunal), Fátima Teresinha Loro Ledra Machado (corregedora regional), Célio Horst Waldraff (diretor da Escola Judicial do TRT-PR), e Cássio Colombo Filho (coordenador do Projeto Horizontes).

 

Durante a correição, além de ouvir sobre dificuldades e demandas do Tribunal, e de fazer sugestões de melhorias, o ministro e equipe procuram catalogar boas práticas, que são depois disseminadas entre os regionais. "Os tribunais são criativos. Comparamos um procedimento com outro, trazemos experiências vividas em outras regiões ou no TST, e muitas vezes o tribunal aceita e a ideia funciona", disse o ministro.

 

ALIANÇA

Na opinião do ministro, a correição deve ser vista como uma grande aliança entre a Corregedoria-Geral e os tribunais regionais na busca da uniformização dos procedimentos, valorizando aqueles que abreviam a burocracia e a formalidade e que fazem o processo judicial andar mais rápido.

"Nenhum membro do Judiciário tem menos interesse do que o corregedor-geral na melhoria das condições da prestação jurisdicional; estamos todos imbuídos do mesmo espírito", afirma o corregedor-geral da Justiça do Trabalho.

 

Nesta quarta-feira, o ministro se reuniu com desembargadores do TRT9. Na sequência, começa o trabalho de finalização do relatório da correição. A ata da correição será lida publicamente na sexta-feira (08) às 9h, na sede do tribunal, em Curitiba, com transmissão em tempo real pela internet. Logo após a leitura da ata, o ministro poderá atender a imprensa e esclarecer pontos do relatório, na Alameda Dr. Carlos de Carvalho, 528.
Observado pelos desembargadores Altino Pedrozo dos Santos, Fátima Teresinha Loro Ledra machado, Célio Horst Waldraff e Cássio Colombo Filho, o corregedor-geral da Justiça do Trabalho, ministro João Batista Brito Pereira, aciona manivela que movimenta as estantes móveis do arquivo-geral do TRT-PR. Na imagem é possível ver também o diretor da Divisão de Cerimonial do Regional Paranaense
Ministro João Batista Brito Pereira conheceu o sistema de estantes deslizantes do Arquivo Geral
   
Notícia publicada em 06/05/2015
Assessoria de Comunicação do TRT-PR
(41) 3310-7309
ascom@trt9.jus.br