Aguarde...
Tribunal Regional do Trabalho - 9ªRegião

Tribunal Regional do Trabalho 9ª Região

Página gerada em: 22/07/2019 19:23:19

Presidente do TRT-PR recebe visita do diretor das Redes Locais do Pacto Global das Nações Unidades

Notícia publicada em 23/05/2018

Da esquerda para a direita: a assessora Larissa Kloss, o professor
Norman de Paula Arruda Filho, a desembargadora Marlene T. Fuverki
 Suguimatsu e o professor Javier Cortez

O diretor das Redes Locais do Pacto Global das Nações Unidades para a América Latina, Caribe e Norteamerica, desde 2013, professor Javier Cortez, esteve na sexta-feira (18/5) na sede do Tribunal Regional do Trabalho do Paraná, em Curitiba, e foi recebido pela desembargadora presidente Marlene T. Fuverki Suguimatsu. Na capital, o visitante participou ainda do evento “High Level Regional Forum: Atingindo os ODS na América Latina”, encontro promovido entre 17 e 18 de maio, no Museu Oscar Niemeyer.

O diretor Javier Cortez afirmou à presidente do TRT-PR ser uma honra estar na instituição que recentemente assumiu compromisso com o Pacto Global da ONU.  Salientou que o encontro realizado em Curitiba, que tratou do alcance aos ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável), aponta que o Paraná tem conseguido mostrar um conjunto de ações, agências e estruturas, e a integração demandada entre governo, sociedade civil, academia e setor privado, para efetivar os pilares dos dez princípios do Pacto Global da ONU.

Os resultados das políticas públicas em todas as municipalidades, ressaltou o diretor, são evidências que a construção da agenda de maneira proativa é, inclusive, "bom negócio" atrativo e poderoso, porque existem incentivos financeiros captáveis, como os recursos decorrentes do lançamento da Plataforma de financiamentos City Partnership Challenge, que poderá ser de grande valia aos municípios paranaenses com mais de 20 mil habitantes.

Assim, afirmou o professor Javier Cortez, "além do peso do Executivo, é fundamental o excelente compromisso e alinhamento do Poder Judiciário, que se estabeleceu com o Tribunal Regional do Trabalho do Paraná, em razão dos aspectos normativos específicos de sua atuação pública e de reflexos na sociedade". Destacou que o esforço rumo aos dez princípios do Pacto Global da ONU em muito se beneficiará da confiança provocada pelo exemplo da Justiça do Trabalho do Paraná, intensificada pelo valor da articulação entre os atores desse território (instituição, comunidades e empresas).

A desembargadora Marlene T. Fuverki Suguimatsu manifestou que "muito motivaram a adesão ao Pacto Global da ONU as quatro áreas de atuação que o estruturam, por dizerem respeito e se afinarem às práticas já adotadas pela Justiça do Trabalho do Paraná". Frisou que o Tribunal está se ajustando ao alinhamento, "e com o apoio das Agências da ONU será viável a construção de agenda ainda mais proveitosa, quem sabe até levando ao interesse do Tribunal Superior do Trabalho para multiplicação aos demais Tribunais Regionais brasileiros". A presidente agradeceu as considerações do Diretor para as Américas do Pacto Global da ONU e afirmou que "orgulha a projeção do Paraná neste cenário de referência".

O membro do Comitê Brasileiro do Pacto Global e coordenador do PRME (Princípios para Educação Executiva Responsável - iniciativa irmã do Pacto Global), professor Norman de Paula Arruda Filho, acompanhou o encontro institucional. O docente e a desembargadora iniciaram ajuste de uma estratégia de aproximação entre o PRME e a Escola Judicial do TRT-PR e, potencialmente, com a ENAMAT, considerando que a pesquisa e o conhecimento são vetores de troca fundamentais.

Confira abaixo entrevista exclusiva do diretor Javier Cortez concedida ao Twitter do TRT-PR.

 



 



Assessoria de Comunicação do TRT-PR
Foto: Pedro Macambira
(41) 3301-7313
ascom@trtr9.jus.br