Seu navegador não possui suporte a JavaScript Pesquisa Notícias  [Prédio Administrativo do TRT-PR em Curitiba receberá equipamentos de controle de pessoas e objetos]
Consulta numeração CNJ
TRT
Pesquisa Notícias
Prédio Administrativo do TRT-PR em Curitiba receberá equipamentos de controle de pessoas e objetos 

Edifício administrativo receberá equipamentos de controle
No ano de 2016, um dos temas de maior atenção por parte do CNJ e dos tribunais de todo o Brasil foi a segurança de magistrados, servidores, advogados e dos cidadãos em geral, que circulam diariamente pelos edifícios.

No âmbito do TRT-PR, a Sede do Tribunal e o Fórum do Trabalho de Curitiba foram os primeiros a receber equipamentos de controle de acesso de pessoas e objetos, similares aos utilizados em aeroportos
.

Para atender previsão das Resoluções 104 e 176 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ainda no primeiro trimestre de 2017 o prédio administrativo do TRT-PR (Av. Vicente Machado, 147) receberá equipamentos de controle de acesso compostos de detectores de metais e esteiras de Raios-X. Desse modo, a Justiça do Trabalho no Paraná reforçará a segurança de todos os que frequentam os seus principais edifícios em Curitiba.

 

O prédio administrativo recebe principalmente circulação de público interno do TRT-PR (magistrados e servidores), além de prestadores de serviços diversos. A fim de evitar filas desnecessárias, a Seção de Segurança Patrimonial orienta que, no momento de acesso ao prédio, as pessoas tenham em mãos as respectivas identidades funcionais ou crachás de identificação.

 

No edifício-sede do TRT-PR, a implantação dos equipamentos foi concluída em novembro de 2016. Já no Fórum do Trabalho de Curitiba, onde funcionam as Varas do Trabalho da Capital, o controle de acesso começou a ser realizado em dezembro. Em ambos os edifícios a adaptação de público interno e externo foi ágil e sem dificuldades. Como reforçou o diretor do Fórum, juiz Fabrício Nicolau dos Santos Nogueira, muito dessa facilidade de adaptação decorre da existência de equipamentos em número suficiente "para garantir que o atendimento seja no menor tempo possível".

 

A título de exemplo, o magistrado comparou a estrutura de Curitiba à do Fórum Trabalhista Rui Barbosa, em São Paulo, provavelmente o de mais intensa movimentação no País. Enquanto no fórum paulistano - que abriga 90 varas - há quatro portais e duas esteiras, em Curitiba, onde existem 23 varas, estão instalados três portais e duas esteiras.

 

Orientações ao público em geral

 

Todos os que se dirigirem aos prédios centrais do TRT-PR em Curitiba devem passar pelos portais detectores de metais e precisam submeter suas malas, bolsas e pertences de mão e de bolsos à inspeção pelo aparelho de Raios-X. Está proibida a entrada de armas de fogo, objetos inflamáveis, perfurantes ou quaisquer outros que possam colocar em risco a segurança das pessoas e das instalações.

 

Os produtos considerados perigosos, mas não ilícitos, serão retidos e devolvidos à saída do prédio. Os portadores de próteses metálicas e marca passos, gestantes e cadeirantes passarão por formas alternativas de inspeção e ingresso. Os procedimentos são acompanhados por equipes de segurança especialmente capacitadas, que permanecerão à disposição para orientações.

Objetos passam por esteira de Raios-X 

Público deve programar chegada antecipada para evitar atrasos 

Notícia publicada em 10/01/2017
Assessoria de Comunicação do TRT-PR
(41) 3310-7309
ascom@trt9.jus.br
 
 
   

jboss89

Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região - ouvidoria@trt9.jus.br
Alameda Dr. Carlos de Carvalho, 528, Centro - Telefone (41) 3310-7000 - CEP 80430-180 - Curitiba-PR
Horário de atendimento ao público: das 11h às 17h