Seu navegador não possui suporte a JavaScript Pesquisa Notícias  [JAC realiza primeiro acordo utilizando ferramenta do CNJ]
Consulta numeração CNJ
TRT
Pesquisa Notícias

Juízo Auxiliar de Conciliação realiza primeiro acordo pelo Sistema Nacional de Videoconferência

 

Encontro virtual propiciou acordo no
processo da trabalhadora Eliete Almeida

A gravidez de risco de uma ex-empregadora que mora em Lages, município de Santa Catarina, e não poderia comparecer pessoalmente a uma das salas do Juízo Auxiliar de Conciliação do TRT-PR (JAC), em Curitiba, não foi impedimento para a realização de uma audiência que terminou em acordo na última quinta-feira (11).

O encontro foi virtual e, pela primeira vez, a ferramenta utilizada pelo JAC foi o Sistema Nacional de Videoconferência do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), um canal de áudio e vídeo acessível em qualquer computador, que viabiliza reuniões à distância por meio da internet.

No dia da audiência, estavam presentes na sala de videoconferências do JAC o juiz Bráulio Gabriel Gusmão, que conduziu a reunião, e a trabalhadora, acompanhada de seu advogado. A procuradora da sócia da empresa, advogada Sandra Maria Julio Gonçalves, participou virtualmente acessando o sistema do próprio escritório.

Acostumada com reuniões de trabalho realizadas por canais de áudio e vídeo, a ex-funcionária da Erajf Serviços de Apoio, Eliete Terezinha Pissato de Almeida, nunca imaginou que seria possível negociar o pagamento dos seus créditos por meio de um sistema de audiências virtuais. "Como a outra parte não poderia vir até aqui, se não fosse assim eu não teria solucionado o meu processo hoje", afirmou.

O advogado da trabalhadora, João Marcos Gomes Júnior, também aprovou a iniciativa do Tribunal. "Tenho muitos clientes que moram em cidades do interior e que não podem arcar com os custos de uma viagem a Curitiba para participar de audiências de tentativa de conciliação. É uma nova possibilidade para eles", disse.

Sistema Nacional de Videoconferência

Para realizar uma videoconferência utilizando a plataforma do CNJ é preciso fazer um cadastro no sistema e criar uma "sala", ambiente virtual em que ocorrerá a reunião. Para convidar os participantes, basta enviar um e-mail.

O sistema funciona em qualquer computador (inclusive portátil) com webcam, microfone e acesso à internet banda larga, instalado com versões recentes dos navegadores (Chrome versão 31 ou superior e Firefox versão 38 ou superior).

Notícia publicada em 15/05/17
Assessoria de Comunicação do TRT-PR
(41) 3310-7309
ascom@trt9.jus.br

jboss89

Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região - ouvidoria@trt9.jus.br
Alameda Dr. Carlos de Carvalho, 528, Centro - Telefone (41) 3310-7000 - CEP 80430-180 - Curitiba-PR
Horário de atendimento ao público: das 11h às 17h